6 Aérea




Tem horas que,apesar de não entender o que acontece comigo acabo gostando. Sinto-me como um rio, que em época de cheia transborda em palavras tenho inspirações súbitas não me contenho e explodo em palavras. E hoje foi um desses dias.

E mesmo sem ter você
mesmo na tua ausência
preenches todo o meu
razão da minha existência.

Nas noites de sofrimento
entregue ao próprio relento
és dono de todo lamento,
é justo que mesmo ciente
de meu sofrimento pungente

Recuses meu coração
rejeite com tanta aflição
o amor que á ti dediquei
e empenhei a dedicação
que juro: um dia terei!
                                 


                             




6 comentários:

Lari disse...

Já estou seguindo aquii tb!! :)

Beijinhoos
www.estacaofofa.blogspot.com

Julia Penedo disse...

ola! Vim retribuir a sua visita ao meu blog e estou seguindo!
bjsss

www.blogdajupenedo.com

Heloisa disse...

adorei o q vc escreveu, tb tenho meus dias aereos... bjo

Lili's disse...

Se eu tiver em meus dias de TMP eu choro com esses poemas !! rsrs =D
BJs Lili's
www.meninastwit.com

Curiosa disse...

Oi! Só para avisar que aceitamos parceria, sim! Já colocamos o seu link lá na nossa página de parcerias!

Já estou seguindo aqui! Segue lá também!

Beijos!

curiosanews.blogspot.com

blog da sonha gleide disse...

Oi flor,meu nome é Sonha Gleide,vim conhecer seu blog,adorei seu blog muito lindo e fofo,já estou te seguindo e vim te fazer um convite, da uma passada no meu blog é se gostar e me seguir será muito bem vinda,bjus
http://blogdasonhagleide.blogspot.com

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

Página Anterior Próxima Página Home
 

Copyright © 2012 Petit Poá! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger