11 Entrevista:Catalina Terrassa

                                      

    [tia+cata+twitter.JPG]

Gente,esse mês foi loucura mas enfim consegui uma mega entrevista para vocês.Conheçam agora,a fofa da Catalina Terrassa.


Catalina Terrassa nasceu no dia 29 de abril,é do signo de Touro e uma roqueira de carteirinha. É super viciada em Harry Potter. É chocólatra,tem duas cachorras que ama demais.É fã(assim como eu *---*) do 30 second to mars.








Joicy Santos:Lua Escarlate é seu primeiro livro. E você já entrou no mundo literário diferente de muitos autores,com um desafio maior que é criar uma série. Você encontrou mais dificuldades com o fato de ter que continuar uma história ao longo de outros livros?

C.T:Na verdade, Lua Escarlate se tornou uma série por acidente. A princípio tive ideias para um único volume, mas as ideias aumentaram numa proporção tão grande, que tive que dividi-las em três livros.

JS: Como você decidiu ser escritora? Sempre teve este sonho?

C.T Sempre gostei de escrever, mas meu sonho inicial era ser Jornalista. Como não pude concluir o curso, optei por escrever fan-fics e o que era uma brincadeira virou algo mais sério.

JS: Seu livro tem uma característica ímpar: apesar de ser uma literatura fantástica, nos aproxima da história e tem toques reais, até em situações corriqueiras como relacionamentos entre irmãos. Como você conseguiu fazer isso? Este foi um dos seus objetivos ao escrever livros?

C.T Nas minhas histórias eu gosto de colocar um pouco de mim e como eu me relaciono com familiares e amigos. Muitas situações encontradas em Lua Escarlate já aconteceram na minha casa.
Afinal, os Saint-Claire são uma versão exagerada da minha família. E sim, esse era o objetivo nos livros. Eu vejo tantas famílias da ficção que não conseguem passar emoção. Sempre frias e sem graça.

JS: A Grace é uma garota bem critica. O Paul é um cara mais calmo e mente aberta, por que você acredita que essa união de opostos uniria os dois?

C.T: Gosto da Grace (Aliás, gosto de todos os meus personagens), mas tenho que admitir que ela é meio chata. E para aguentar essa chatice, eu tinha que dar a ela um cara calmo. Só tendo muita calma para aguentá-la. Mas apesar deles serem o oposto um do outro, eles têm uma coisa em comum: O amor pela família.

JS: Você já disse em seu blog que gosta muito de rock. Seu estilo musical influencia na produção dos livros?

C.T: Com certeza! Algumas das melhores cenas nos livros surgiram ao som de 30 Seconds to Mars, Evanescence, Nightwish, Within Temptation, Nickelback, H.I.M e por aí vai.

JS: O que podemos esperar da “Catalina Terrassa” para os próximos trabalhos? Tem série nova em mente? Pretende continuar escrevendo sobre a mesma temática?

C.T: Tenho duas novas séries: Almas, que terá uma temática meio Sobrenatural / Constantine e A Chave Mestra, que mostrará criaturas mágicas de uma nova maneira. Sobre vampiros, tenho cinco livros novos, que contaram um pouco sobre o passado de personagens secundários de Lua Escarlate. O primeiro “Relíquia de Sangue” que fala sobre Violet já está a venda no Clube de Autores e para leitura gratuita no site Bookess. E o segundo livro “Anjo da Guarda” que fala sobre Viktor está quase concluído.
Apesar de ter fechado contrato com uma nova editora, ainda vou disponibilizar meus novos projetos no Clube de Autores e Bookess. Até porque eu só fechei o primeiro livro da Série Lua Escarlate. E não quero deixar meus leitores esperando.

JS: Por que você escolheu a literatura fantástica?

C.T:Por causa de um bruxinho de óculos e cicatriz na testa. A série Harry Potter abriu meus olhos para a literatura e me ensinou a apreciar os livros.

JS: Desde 2006 você arrisca-se no mundo literário. Quais as maiores dificuldades encontradas nesta jornada? Sabemos que ser escritor no Brasil não é fácil. O que te motiva a continuar?

C.T: Ao contrário de alguns colegas, não tive dificuldades em encontrar leitores. Tanto minhas fics de Harry Potter, quanto os textos originais, eu sempre disponibilizei em versão online gratuita. Sempre aparecia três ou quatro leitores elogiando meus textos. Mas a minha maior dificuldade foi com quem tem o poder: Donos de comunidades online (Orkut) e Editoras.
Em março de 2009 postei Lua Escarlate em três comunidades no Orkut: Textos de Punho Próprio, 30 Seconds to Mars – Revolution e Escrevo Fics Originais. Nas duas primeiras comunidades meu trabalho foi muito bem recebido, mas na terceira... Em Escrevo Fics Originais tive uma boa resposta por parte dos leitores, o problema foi a dona da comunidade, que odiou o livro e além de excluí-lo, me expulsou também. Com relação as editoras, as que se interessavam pelo meu trabalho, queriam modificar a trama a qualquer custo. Tudo para deixá-lo igual a outro livro de vampiros de sucesso.
E eu só continuo por causa dos leitores (Não são muitos), mas os que tenho valem por milhares.

JS: O que você diria aos jovens que assim como você, pretendem seguir no mundo literário?

C.T:Vou dar cinco dicas:
1 – Não tenha a ilusão de que com livros você vai ficar rico
2 – Antes de procurar uma editora, mostre o que escreveu gratuitamente
3 – Tenha a mente aberta para as criticas, boas ou más
4 – Leia muito, isso sempre ajuda
5 – Paciência é uma virtude

A Catalina é uma mega fofa e em breve vocês terão muitas novs sobre ela por aqui. :)


11 comentários:

Paula Lima disse...

Nossa muito legal e ela é fã de Harry Potter aêêê \o/
xoxo

Curti aqui!
Cerejas Atrevidas

Vanessa Barbosa. disse...

Olá Joicy, to passando por aqui pela primeira vez, parabéns pelo lindo blog. Tenha uma ótima semana, beijos.

Angela Graziela disse...

Não conhecia
Mas achei muito bacana
Meus parabéns

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com.br

Letícia Giollo disse...

Oi
Não conhecia essa autora ... Muito interessante
Entrevista bacana :)
Gostei do blog, já estou seguindo !! Adorei o layout !
Beijos

Letícia
http://louca-por-livros.blogspot.com.br/

Ygo Maia disse...

Olá Joicy...
Muito legal essa ideia de entrevistar autores. Eu também tenho esse espaço no meu blog e dou total apoio para a causa. O problema de muitos brasileiros é justamente não valorizar as riquezas que temos por aqui. E esses autores fazem parte de rico universo.
Parabéns pela entrevista, que diga-se de passagem, foi muito bem conduzida e as respostas foram muito boas também.
Um abraço!!
http://ymaia.blogspot.com.br/

Aline Gasparini disse...

Ah, confesso que não conhecia essa autora, porém adorei a entrevista, ela é muito simpática e suas perguntas foram bem objetivas :D

Beijos&beijos
Book is life

Sora Seishin disse...

Oi Joicy!
Não conhecia a autora, mas adorei a entrevista! Fiquei com vontade de conhecer o trabalho dela.

Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

Mariana disse...

adorei a entrevista. Ela é mt simpática eu achei KK

Bjs

http://blogdemeninasparameninasoficial.blogspot.com.br/

Samara Lima disse...

Adorei tudoo.tudo mesmo em?
Seguindo'

samarakerle.blogspot.com.br

Gabriela Wegner disse...

Oi Joicy!
Não conhecia o trabalho da autora ainda, mas gostei da entrevista e achei bem interessante o fato de ela começar com fanfics!
Sucesso para a autora e para o blog>
Beijos.

Roxane Norris disse...

Ah adorei a entrevista, e tenho certeza de que não só o livro vai ser sucesso, como os futuros trabalhos da Catalina tb!
Fiquem de olho!
Beijos!

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

Página Anterior Próxima Página Home
 

Copyright © 2012 Petit Poá! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger